No entanto existe uma percentagem de casos – à volta de 10% - que surgem nestes estádios. Em ambos os casos o primeiro tratamento não é a cirurgia.

Relativamente aos cancros da mama que anos depois de terem aparecido, voltaram a surgir sob a forma de metástases num ou vários órgãos, também a percentagem diminui, nesta situação, graças a tratamentos mais eficazes na fase inicial do tratamento. Neste website focaremos a nossa atenção essencialmente no CANCRO DA MAMA METASTÁTICO – Cancro da mama que se espalhou para outros órgãos.

Há muitos e variados tratamentos que podem ser usados para controlar o crescimento das metástases e para travar a sua disseminação pelo corpo, mas a sua eficácia é, apenas, temporária. Não conseguimos prever, com rigor, por quanto tempo a doença será controlada, mas sabemos que, mais cedo ou mais tarde, o tratamento terá que ser mudado, pelo facto de as células malignas se tornarem resistentes e voltarem a emergir (chamada progressão da doença).

Uma questão que, desde logo, se coloca, é a de se procurar saber qual é a esperança de vida para alguém que tem cancro metastático, o que é tão variável que não pode ser generalizado. O que sabemos é que, quando avaliadas as possíveis causas de morte, a causa principal será o cancro, em vez de doenças neurológicas (AVCs, demência, etc..), causa principal de morte nos países da união europeia.

MAMA HELP Porto

 

Morada: Rua da Constituição, 2096 / 2106

4250-163 Porto

Portugal

Tel.: +351 222 060 100 / +351 967 097 391

Email: info@mamahelp.pt

 

+contactos

MAMA HELP Lisboa

 

Morada: Rua de Pedrouços, nº 48

1400-289 Lisboa

Portugal

Tel.: +351 211 359 728 / +351 916 370 004

Email: info.lisboa@mamahelp.pt

 

+contactos